Museu de Polícia Militar de São Paulo e Regimento de Cavalaria 09 de Julho/SP

Quadro General Miguel Costa

Podemos dizer que o presente é resultado do passado. O Museu de Polícia Militar do Estado de São Paulo passa por uma de suas maiores crises. Instalado em um prédio precário, quase em ruínas, corre o risco de desabar a qualquer momento e soterrar quase um século da história paulista. Seria um acidente irreparável. Acidente que pode ser evitado se houver empenho das pessoas responsáveis para que isso não aconteça. A frente do Museu e ocupando o cargo de Diretor, encontra-se o Coronel PM/SP José Paulo Ferreira Teixeira que, incansavelmente, não mede esforços para que o Museu recupere seu prestígio para possa servir à população de estudiosos do Brasil que buscam desenvolver seus trabalhos acadêmicos para clarear o passado tão obscuro do nosso país. Sem um local apropriado para expor as peças históricas que o Museu abriga, busca outros lugares para que as peças possam ser apreciadas e entendidas por quem procura conhecer o que o Museu reserva. 

Yuri Abyaza Costa agradece ao Coronel José Paulo pelo relevante trabalho de preservar a história de São Paulo
Assim, o abnegado Coronel José Paulo emprestou ao Regimento de Cavalaria 09 de Julho, um quadro que estampa o vulto do segundo maior nome da Polícia Militar de São Paulo - o General Miguel Costa. O quadro, que antes estava guardado em uma sala escura, hoje está visível para todos no Salão Nobre do Regimento de Cavalaria, justamente onde serviu o ilustre General que, na década de 1920, precisamente no ano de 1924, articulou a maior revolução que o Brasil já viveu, a Revolução de 1924. Posteriormente, Miguel Costa comandou a coluna Miguel Costa/Prestes de 1925 até 1927 e em 1930 conduziu mais de 200 mil soldados do Rio Grande do Sul até São Paulo, rendendo as tropas legalistas do General Paes de Andrade, com isso, conseguiu que Getúlio Vargas assumisse o Governo Provisório. Há muito mais sobre a vida e os feitos do General Miguel Costa, tudo isso pode ser encontrado no Museu de Política Militar de São Paulo, sob a direção e os cuidados do Coronel José Paulo e no Regimento de Cavalaria 09 de Julho sob o comando do Coronel Sardilli.
O Regimento de Cavalaria 09 de Julho, possui a Sala Memória, onde estão expostos diversos objetos históricos, entre eles, a Espada de Ouro que pertenceu ao General Miguel Costa. Em breve, a Sala Memória será ampliada, serão expostos mais objetos que remontam uma parte da história de São Paulo.